O patrimônio histórico-cultural na Amazônia Sul-Ocidental: o que o Acre e o turismo têm de oferta turística

Autores

  • Dermerson Sousa Lima Universidade de Brasília, Brasília, DF
  • Luzia Neide Menezes Teixeira Coriolano Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, CE

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2017.v10.6601

Palavras-chave:

Amazônia, Acre, Patrimônio histórico-cultural, Ambiente, Turismo.

Resumo

O estudo do patrimônio histórico-cultural e ambiental envolve a compreensão da história e cultura local, além das identidades materiais e imateriais que fazem os territórios acreanos atrativos ao turismo, pois, são dotados de objetos, costumes e valores de interesse ao lazer e ao turismo. A área de estudo da pesquisa faz parte de um território de fronteira, o Estado do Acre que faz parte da região da Amazônia Sul-Ocidental. Esta região da Amazônia está localizada no extremo oeste na região norte do território brasileiro, fazendo fronteira nacional com os estados amazônicos do Amazonas e Rondônia e internacionalmente com os países da Bolívia e do Peru. A região fronteiriça da Amazônia Sul-Ocidental passa por processo de integração rodoviária que permite a circulação terrestre entre Brasil, Bolívia e Peru com a conclusão da Estrada do Pacífico, que possibilita perspectivas de integração e desenvolvimento regional de países da América Latina e do disputado mercado comercial asiático. As iniciativas públicas e privadas dos países Brasil, Bolívia e Peru defendem a dinamização do turismo regional e fronteiriço como alternativa de desenvolvimento econômico, a valorização do patrimônio regional e da oferta turística. Identificam-se ações governamentais para a valorização do turismo com base no patrimônio histórico-cultural e ambiental da região. A pesquisa busca compreender as relações entre patrimônio histórico-cultural e ambiental e o turismo, no Estado do Acre com vistas ao desenvolvimento da oferta turística. Adota-se metodologia dialética com vista a entender o jogo de poder e forças na área estudada após a integração regional. A revisão bibliográfica ofereceu o suporte teórico para teorização do empírico, somadas a pesquisas institucionais e de campo para informações in loco, que possibilitaram as análises conclusivas. Os resultados demonstram que a região de fronteira é promissora e possui um valioso patrimônio associado a festas e peregrinações religiosas, patrimônio histórico da Revolução Acreana, retratados em museus e espaços de memórias, sítios arqueológicos com geoglifos. Somados a um significante território de áreas naturais protegidas e de uso sustentável, retratadas em reservas extrativistas, terras indígenas, projetos de assentamentos agroextrativistas, que com intervenções do poder público na adequação de infraestrutura e de logística têm concretizado a oferta e o aumento do fluxo de turistas na região, fortalecendo a identidade cultural e o turismo no território de fronteira. The Historical and Cultural Heritage in the Southwest Amazon: what the Acre (Brazil) and the tourism have as touristic offer ABSTRACT The study of the historical, cultural and environmental heritage involves the understanding of the historical and cultural heritage, beside the identity of material and immaterial that makes Acre’s territory attractive to tourism. This study was made in the State of Acre, that is a border territory that belongs to the Southwest Amazon. The Amazon region is located in the west of the north county of Brazil, and it makes national borders with the State of Amazonas and Rondônia, and international borders with Bolivia and Peru. The border region in the Southwest Amazon goes through a road integration process that allows terrestrial access between Brazil, Bolivia and Peru with the conclusion of the Pacific Road. This road will allows integration and regional development between Latin American countries and the disputed Asian commercial market. The Brazilian, Bolivian and Peruvian public and private initiatives stand up for promotion of the regional and borderer tourism as alternative to the economic development, the valorization of the regional heritage and the touristic offer. Governmental actions are identified for the purpose of valorizes the tourism based on the regional historical, cultural and environmental heritage. This study aims to understand the relationship between historical-cultural-environmental heritage and tourism in the State of Acre, focusing the development of the tourist offer. The methodology adopted for this study was the dialectics in order to understand the game of power and strength in the studied area after the regional integration. The literature review offered the theoretical framework for the empirical theorization added to institutional and field researches in order to inform in loco, which enabled the finals analysis. The results have shown that the border region is promising and it has a valuable heritage associated to local parties and religious peregrination, and the Revolution of the Acre heritage that is portrayed in museums and memorial spaces, archeological sites and geoglyphs sites. Added up to a significant natural protected areas and sustainable use, it is represented by extractive reserves, indigenous territory, agroextractivist settlement project which with the public intervention on the adequacy of infrastructure and logistical have brought supplies and increased flow of tourists in the region, making stronger the cultural identity and tourism in the border area. KEYWORDS: Amazon; Acre; Historical and Cultural Heritage; Environment; Tourism.

Biografia do Autor

Dermerson Sousa Lima, Universidade de Brasília, Brasília, DF

Doutorando em Geografia - UNB, MSc. em Desenvolvimento Regional, Geógrafo e Economista - UFAC

Luzia Neide Menezes Teixeira Coriolano, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, CE

Prof. Doutora do Departamento de Geografia da Universidade Estadual do Ceará

Downloads

Publicado

28.02.2017

Como Citar

Lima, D. S., & Coriolano, L. N. M. T. (2017). O patrimônio histórico-cultural na Amazônia Sul-Ocidental: o que o Acre e o turismo têm de oferta turística. Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 10(1). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2017.v10.6601
##plugins.generic.dates.received## 2016-09-18
##plugins.generic.dates.accepted## 2016-11-27
##plugins.generic.dates.published## 2017-02-28

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.