O ambiente de gestão de MPEs do setor de turismo no Brasil: uma revisão sistemática

Autores

  • Diogo Barbosa Leite Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, MT
  • Paulo Augusto Ramalho de Souza Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, MT
  • Emerson José da Silva Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, MT
  • Adriana Ramalho Monte Coco Universidade Anhanguera Uniderp, Cuiabá, MT
  • Sandro Ribeiro da Costa Universidade de Cuiabá, Cuiabá, MT, Brasil
  • Delana de Souza Canto Instituto Federal do Amazonas, Manaus, AM

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2017.v10.6611

Palavras-chave:

Ambiente de Gestão, MPEs, Hospedagem, Software IRAMUTEQ

Resumo

As Micro e Pequenas Empresas MPEs no setor de turismo estão presentes na maioria dos municípios e representam um relevante segmento para geração de emprego em renda. Pesquisas acerca das MPEs justificam-se tanto em virtude da representatividade das micro e pequenas empresas para o setor, quanto pelo ainda incipiente aprofundamento de estudos sobre o ambiente de gestão dessas organizações. Nesta linha, a consolidação de um arcabouço teórico acerca do ambiente de gestão de MPEs do setor de hospedagem no Brasil apresenta-se como um assunto que levanta vários questionamentos, sendo: quais características são mais presentes nestas organizações, existe sensível diferenciação quanto a regionalidade das organizações, quais as ferramentas de gestão são mais discutidas, existem grupos ou instituições de destaque neste conceito, dentre outros fatores. Para tal, a partir do processo de consolidação de uma década de publicações acadêmicas, direcionamentos e gaps conceituais esta pesquisa buscou identificar quais características são presentes no arcabouço conceitual acerca do ambiente de gestão de MPEs do setor de hospedagem no Brasil. A presente pesquisa configurou-se como exploratória, a qual foi realizada partir de publicações acadêmicas selecionadas nos últimos 10 anos, em bases de periódicos listados na última atualização do sistema QUALIS/ CAPES do ano de 2015 (SPELL, SCIELO, EBSCO, CAPES Periódicos e DOAJ). Para tal foram utilizados os softwares IRAMUTEQ em conjunto com o Software R, ferramentas gratuitas desenvolvidas com tecnologia “aberta” e colaborativa, para processar os dados lexicais acerca do ambiente de gestão das MPEs do setor de hospedagem brasileiro. Os resultados da pesquisa sugerem, a partir de sua uniformidade, uma possível ausência de grupos de pesquisa e instituições de referência acadêmica no desenvolvimento de pesquisas acerca do ambiente de gestão de MPEs do setor de hospedagem no Brasil. Registre-se, a presença de um conjunto de características da orientação empreendedora no ambiente de gestão destas organizações. The management environment at MPEs in the tourism sector at Brazil: a systematic review ABSTRACT Micro and Small Enterprises MSEs in the tourism sector are present in most municipalities and represent an important segment for generating employment income. Research on the MSEs are justified both because of the representation of micro and small enterprises in the sector, as the incipient further studies on the environmental management of these organizations. In this line, the consolidation of a theoretical framework about the MSEs management of the accommodation industry environment in Brazil is presented as an issue that raises many questions, namely: what features are most present in these organizations, there is sensitive differentiation as the regionalism of organizations, which management tools are most discussed, there are groups or prominent institutions in this concept, among other factors. To do this, from the consolidation of a decade of academic publications, direction and conceptual gaps this research sought to identify which characteristics are present in the conceptual framework about the MSEs management environment accommodation industry in Brazil. This research was configured as exploratory, which was held from academic publications selected in the last 10 years in regular bases listed in the latest update of Qualis/CAPES system of 2015 (SPELL, SCIELO, EBSCO, CAPES Periódicos e DOAJ). For this they used the IRAMUTEQ software in conjunction with the Software R, free tools, developed with technology "open" and collaborative, to process the lexical data about the MSEs of the management environment of the Brazilian hosting industry. The survey results suggest, from their uniformity, a possible lack of research groups and academic institutions of reference in the development of research on the MSEs management environment accommodation industry in Brazil. Register the presence of a set of characteristics of entrepreneurial orientation in the management of these organizations environment. KEYWORDS: Management Environment; MSEs; Accommodation; IRAMUTEQ software.

Biografia do Autor

Diogo Barbosa Leite, Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, MT

Possui graduação em Administração pela Universidade Federal de Mato Grosso e pós-graduação em Marketing e Vendas pela Universidade de Cuiabá. Foi Aluno Especial do Mestrado em Agronegócios e Desenvolvimento Regional da Universidade Federal de Mato Grosso (2016). Em pesquisa, atua com ênfase em Marketing, Inovação e Desempenho Organizacional. Tem experiência em projetos de Planejamento e Inteligência de Mercado, Estudos Prospectivos de Mercado e Modelagem de Negócios. Atualmente é Tutor do Convênio UFMT/TCE-MT, Professor Colaborador da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis da Universidade Federal de Mato Grosso FACC - UFMT e Professor da Universidade Aberta do Brasil - UAB/UFMT.

Paulo Augusto Ramalho de Souza, Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, MT

Doutor em Administração pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), Estágio Doutoral no Doutorado em Economia na Universidade do Minho (UMINHO) Portugal, Mestrado e Graduação em Administração na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Professor do curso de Administração da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Possui projetos de pesquisa voltados para modelos de desempenho em microempresas e organizações informais.Tem experiência na área de Estratégia e Desempenho e parecerista dos periódicos Gestão e Regionalidade, Pretexto, Revista Brasileira de Ecoturismo, Perspectivas Contemporâneas dentre outras.

Emerson José da Silva, Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, MT

Graduado em Administração (1999) e Educação Física (2006) e pós-graduação em Gestão Pública (2014) pela Universidade Federal de Mato Grosso.

Adriana Ramalho Monte Coco, Universidade Anhanguera Uniderp, Cuiabá, MT

Universidade Anhanguera Uniderp, Cuiabá, MT

Sandro Ribeiro da Costa, Universidade de Cuiabá, Cuiabá, MT, Brasil

Possui graduação em Biologia pela Universidade do Estado do Amazonas (2011), Especialista na área de educação ambiental na Universidade da Cidade de São Paulo (2012) e Mestrado em Biociência Animal pela Universidade de Cuiabá (2015). Atuou como Tutor do Curso de Especialização em Gestão Pública Municipal da Universidade Aberta do Brasil UAB/Universidade Federal de Mato Grosso UFMT. Atuou como pesquisador em projetos de pesquisa e extensão financiados pela CAPES, FAPEMAT e CNPq. Têm interesse em desenvolver pesquisas nas áreas: métodos e técnicas de pesquisa; tecnologias de suporte à pesquisa; políticas públicas; organização do contexto escolar e práticas pedagógicas.

Delana de Souza Canto, Instituto Federal do Amazonas, Manaus, AM

Mestre em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia (UFAM, 2016). Possui graduação em Administração pela Universidade Federal do Amazonas (2013). Atualmente é docente do quadro permanente do Instituto Federal do Amazonas. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração de marketing, financeira, logística e fundamentos de administração.

Downloads

Publicado

28.02.2017

Como Citar

Leite, D. B., Souza, P. A. R. de, Silva, E. J. da, Coco, A. R. M., Costa, S. R. da, & Canto, D. de S. (2017). O ambiente de gestão de MPEs do setor de turismo no Brasil: uma revisão sistemática. Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 10(1). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2017.v10.6611
##plugins.generic.dates.received## 2016-10-25
##plugins.generic.dates.accepted## 2017-02-27
##plugins.generic.dates.published## 2017-02-28

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.