Turismo de Base Comunitária: possibilidades de empoderamento da Comunidade Serra Negra, Almas (TO)

Autores

  • Noeci Carvalho Messias Universidade Federal do Tocantins, Arraias, TO
  • Alice Fátima Amaral Universidade Federal do Tocantins, Arraias, TO
  • Ana Claudia Macedo Sampaio Universidade Federal do Tocantins, Arraias, TO
  • Valdirene dos Santos Gomes de Jesus

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2017.v10.6622

Palavras-chave:

Comunidade Serra Negra, Turismo de Base Comunitária, Empoderamento.

Resumo

O objetivo deste trabalho consiste em apresentar um projeto de pesquisa e extensão, de Turismo com base em sistema cooperativo, que agrega o turismo, a agricultura familiar e a participação comunitária e que vem sendo desenvolvido, na Comunidade Serra Negra, no município de Almas, TO. A região em questão se caracteriza pela presença de inúmeras cachoeiras, cânions, serras, nascentes de rios, formações rochosas, além do patrimônio cultural das comunidades. Este rico patrimônio cultural e natural de potencial turístico da comunidade vem sendo explorado por algumas empresas e grupos de outros estados de maneira incipiente e desordenada, excluindo a comunidade do processo, gerando resíduos sólidos e explorando os recursos sem a devida consciência socioambiental e sociocultural exigida pelo Turismo. É neste contexto que emerge a pesquisa-ação que está sendo realizada em parceria com o Ruraltins, a Associação dos Mini Produtores Rurais da Comunidade Serra Negra e a UFT/Câmpus de Arraias/Curso de Turismo Patrimonial e Socioambiental, com objetivo de desenvolver e implantar um modelo de turismo que estimule a gestão responsável de empreendimentos e serviços. Nesse sentido, o corpo técnico de professores e estudantes do Curso de Turismo Patrimonial e Socioambiental vem realizando orientações, assessoria e ações técnicas e cientifica junto à Comunidade Serra Negra quanto à organização do Turismo em seu território, na organização da segurança dos atrativos, na formatação de roteiros, e na preservação ambiental e cultural. Esta parceria busca conciliar as orientações técnicas/científicas com o saber tradicional, com a perspectiva de empoderamento da comunidade como gestora do processo de desenvolvimento do turismo em seu território e explorando outros ganhos que superam a questão financeira, como a qualidade de vida, valorização cultural e emancipação da comunidade. Tourism Community Based: empowerment possibilities of Serra Negra Community, Almas (TO, Brazil) ABSTRACT The objective of this study is to present a research and an extension project of tourism based on a cooperative system, which combines tourism, family farming and community participation which have been developed in the Serra Negra Community, in the municipality of Almas (TO, Brazil). The region in question is characterized by the presence of numerous waterfalls, canyons, mountains, sources of rivers, rock formations, beyond the cultural heritage of the communities. This rich cultural and natural heritage of tourism potential of the community has been exploited by some companies and groups from other states in an incipient and disorderly manner, excluding the community from the process, generating solid waste and exploiting resources without proper environmental and socio-cultural awareness required by the Tourism. It is in this context that emerges the action research that is being conducted in partnership with the Ruraltins, the Association of Mini Community Farmers of Serra Negra and the UFT / Arraias Campus / Environmental and Heritage Tourism course, aiming to develop and implement a tourism model that encourages the responsible management of projects and services. In this sense, the staff of professors and students of Environmental and Heritage Tourism course has been carrying out guidance, advice and technical and scientific actions to the Serra Negra Community with respect to the Tourism organization in its territory in the attractive security organization, formatting routes, and in the environmental and cultural preservation. This partnership seeks to reconcile the technical / scientific guidance with the traditional knowledge with the community empowerment perspective as a manager of the tourism development process in its territory and exploring other gains that outweigh the financial issue, such as the quality of life, cultural appreciation an emancipation of the community. KEYWORDS: Serra Negra Community; Community-Based Tourism; Empowerment.

Biografia do Autor

Noeci Carvalho Messias, Universidade Federal do Tocantins, Arraias, TO

Doutorado em História, exercer docência no Curso de Turismo Patrimonial e Socioambiental.

Valdirene dos Santos Gomes de Jesus

Universidade Federal do Tocantins, Arraias, TO

Downloads

Publicado

28.02.2017

Como Citar

Messias, N. C., Amaral, A. F., Sampaio, A. C. M., & Jesus, V. dos S. G. de. (2017). Turismo de Base Comunitária: possibilidades de empoderamento da Comunidade Serra Negra, Almas (TO). Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 10(1). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2017.v10.6622
##plugins.generic.dates.received## 2016-11-14
##plugins.generic.dates.accepted## 2017-01-17
##plugins.generic.dates.published## 2017-02-28

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.