Trilha interpretativa como proposta de Educação Ambiental: um estudo na RPPN do Caju (SE)

Autores

  • Isabelle Aparecida Dellela Blengini Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, SE
  • Luana Brito Lima Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, SE
  • Isadora Souza de Mélo Silva Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, SE
  • Cae Rodrigues Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, SE

DOI:

https://doi.org/10.34024/rbecotur.2019.v12.6717

Palavras-chave:

Ecoturismo, Reservas Particulares do Patrimônio Natural, Conservação Ambiental,

Resumo

AA problemática ambiental é um tema que progressivamente, vem ganhando espaço nas discussões estabelecidas pela sociedade civil em diferentes âmbitos, por estar relacionada de maneira direta com o modelo econômico vigente e com a oposição ser humano-natureza. Por isso, se faz necessária a busca por alternativas que valorizem a natureza e fortaleçam a conexão, ou religare (em latim), entre as partes. Uma possibilidade, nesse sentido, é o contato com a natureza por meio das trilhas interpretativas, nas quais os aspectos de uma determinada área natural são evidenciados, transformando a interação de uma caminhada em um momento de ensino e aprendizagem marcado pela reflexão e o empoderamento da importância dessas localidades. A pesquisa teve como objetivo a proposição de adequações na Trilha da Porteira, localizada dentro da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) do Caju, em Itaporanga d’Ajuda - SE, dando opções e qualidade ao processo de aprendizagem no âmbito da Educação Ambiental. A pesquisa foi realizada durante os meses de julho e agosto de 2018 e é fruto das atividades do Programa de Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente da Universidade Federal de Sergipe, no qual as autoras realizaram uma experiência de ação interdisciplinar tendo como resultado a proposta de uma trilha interpretativa em uma RPPN do estado de Sergipe. A metodologia seguiu três momentos: o primeiro foi a revisão bibliográfica; o segundo foi a visita de campo com a construção do diagnóstico relacionado à qualidade estrutural e didática da trilha; e o terceiro, a definição dos pontos de atratividade da trilha. A área de estudo foi a trilha do Campo Experimental da Embrapa Tabuleiros Costeiros, mais conhecido como Reserva do Caju. Como resultado obteve-se a proposta da Trilha Interpretativa da Porteira, que será apresentada para a Embrapa como mais uma opção de atividade educacional a ser realizada na localidade, valorizando ainda mais a RPPN do Caju. Interpretative trail as a proposal for Environmental Education: a study in the RPPN of the Caju (SE, Brazil) ABSTRACT The environment is posed as a contemporary and greatly important issue, being directly related to the current economic model and to the human-nature opposition, legitimating the search for alternatives that value nature and strengthen the connection, or religare (in Latin), between the parts. One possibility in this sense is the contact with nature through interpretive trails, in which the aspects of a given natural area are evidenced, transforming the interaction of a walk into a moment of teaching and learning marked by reflections and dynamics of empowerment related to the importance of these localities. The research aimed the proposition of adjustments in the Porteira trail, located inside the Reserva Particular do Patrimônio Natural do Caju (‘Cashew’ Private Natural Heritage Reserve), in Itaporanga d'Ajuda (Sergipe, Brazil), giving options and adding quality to learning processes in environmental education in the site. The research was carried out during July and August of 2018, and is the result of activities connected to the Post-Graduate Program in Development and Environment of the Federal University of Sergipe, in which the authors performed an interdisciplinary action-experience, resulting in the proposal of an interpretative trail in a Private Natural Heritage Reserve in the state of Sergipe. The methodology was divided in three steps: bibliographic review; field visit and construction of the diagnosis related to the structural and didactic quality of the trail; and defining the points of attractiveness of the Trail. The study area was the Embrapa Tabuleiros Costeiros Experimental Field Trail, better known as Caju Reserve. As a result, the proposal for the creation of the Porteira Interpretive Trail was drafted, which will be presented to Embrapa as another option to be carried out in the locality, valuing it even more as a potential site for the research and practice of Environmental Education. KEYWORDS: Ecotourism; Private Natural Heritage Reserve; Environmental Conservation.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isabelle Aparecida Dellela Blengini, Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, SE

Graduada em Ciências Biológicas. mestranda em Ciências Ambientais pelo Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente na Universidade Federal de Sergipe (UFS), tem experiência na área de Ecologia , com ênfase em Ecologia de Ecossistemas. Pesquisadora e educadora ambiental no Núcleo de Estudo e Pesquisa em Educação Ambiental (NEPEA)/Instituto de Biologia/UFBA, Elo da REABA-Rede de Educação Ambiental da Bahia, e facilitadora nacional dessa rede na REBEA-Rede Brasileira de Educação Ambiental. Faz parte do Grupo Ambientalista da Bahia - Gambá e Sócia-fundadora da empresa Ecoformação.

Cae Rodrigues, Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, SE

Atualmente ocupa posição de Professor Adjunto na Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Sergipe e Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente - PRODEMA. Licenciado em Educação Física pela Universidade Federal de São Carlos (2003), Mestre em Educação (UFSCar ? 2007 ? pesquisa financiada pela CAPES), Doutor em Educação (UFSCar - pesquisa financiada pelo CNPq / Sanduíche financiado pelo CNPq em Monash University com supervisão do Prof. Dr. Phillip G. Payne). Vice-Diretor Científico da Sociedade de Pesquisa Qualitativa em Motricidade Humana; Pesquisador da Linha de Pesquisa Estudos Socioculturais do Lazer do Núcleo de Estudos de Fenomenologia em Educação Física (UFSCar); membro (associate international) do Education, Environment and Sustainability (EES) Faculty Research Group da Monash University (Melbourne, Austrália); Sócio Fundador da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Estudos do Lazer (ANPEL); Pesquisador do Grupo de Estudos em Formação de Professores, Ambientalização Curricular e Educação em Ciências (UFSCar); Pesquisador do CEMEFEL - Centro de Memória da Educação Física, Esporte e Lazer (UFS); Sócio fundador da empresa Jacaré Ki Pira Eventos e Lazer (São Carlos - SP - www.jacarekipira.com.br). Tem experiência nas áreas de educação ambiental e educação física, com ênfase em lazer e fenomenologia.

Downloads

Publicado

02/28/2019

Como Citar

Blengini, I. A. D., Lima, L. B., Silva, I. S. de M., & Rodrigues, C. (2019). Trilha interpretativa como proposta de Educação Ambiental: um estudo na RPPN do Caju (SE). Revista Brasileira De Ecoturismo (RBEcotur), 12(1). https://doi.org/10.34024/rbecotur.2019.v12.6717
Recebido: 2018-10-31
Aceito: 2018-11-27
Publicado: 2019-02-28

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.