NARRATIVAS DOCENTES EM FOCO: tecnologias digitais e práticas educacionais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34024/olhares.2024.v12.14962

Palavras-chave:

Tecnologias digitais, Letramentos, Práticas docentes

Resumo

Este trabalho tem por objetivo discutir excertos de narrativas de dois docentes acerca de suas práticas com tecnologias digitais em uma escola privada do interior de São Paulo. Os trechos aqui apresentados advêm de um conjunto de dados gerados ao longo de uma pesquisa etnográfica escolar que contou com a participação total de sete professores. As narrativas examinadas referem-se principalmente à atuação desses docentes no segundo semestre de 2021. Trata-se de uma investigação qualitativa que buscou apoio metodológico na Pesquisa Narrativa e que fundamenta sua discussão no campo dos estudos dos (multi)letramentos. Os resultados aqui apresentados apontam que, ao falar a partir de um contexto privilegiado no que diz respeito ao acesso aos ambientes e recursos digitais, as reflexões dos docentes participantes revelam uma visão essencialmente positiva acerca de três diferentes impactos das TDIC em suas práticas, que dizem respeito a: sua própria aprendizagem e desenvolvimento profissionais; às interfaces entre essas tecnologias e seus alunos e, também, as suas percepções acerca de materiais e práticas didáticas, especialmente em decorrência de suas experiências durante (e logo após) o período de ensino remoto emergencial.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Falvo Mayer, Pontifícia Universidade Católica de Campinas/PUC-Campinas

Mestre em Práticas e Processos em Linguagens, Mídia e Arte e graduado em Jornalismo pela PUC-Campinas. Seus interesses de pesquisa recaem na área interdisciplinar, na interface linguagem, comunicação e educação.

Eliane Fernandes Azzari, Pontifícia Universidade Católica de Campinas/PUC-Campinas

Doutora e Mestra em Linguística Aplicada pelo IEL/Unicamp. Pós-doutorado pela FFLCH/USP. Pesquisadora permanente do PPG em Educação e professora da Faculdade de Letras da PUC-Campinas. Pesquisa interfaces entre a educação, a linguagem e as tecnologias digitais sob a perspectiva dos (multi)letramentos e do dialogismo bakhtiniano.

Referências

AIMI, Deusodete. R. da S.; MONTEIRO, Filomena. M. de A. Pesquisa narrativa: reflexões sobre produções dos últimos 14 anos. Educação em Perspectiva, v. 11, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufv.br/educacaoemperspectiva/article/view/8403. Acesso em: 12 jan. 2021.

ANDRÉ, Marli E. D. A. de. Etnografia da prática escolar. São Paulo: Papirus editora, 2013.

AZZARI, Eliane F. Teachers’ Perspectives on Digital Technologies and Educational Practices: Challenges and Resilience in a Brazilian Public Educational Context. The Barcelona Conference on Education 2022: Official Conference Proceedings, 2022. https://doi.org/10.22492/issn.2435-9467.2022.10.

AZZARI, Eliane F., et al. Digital technologies, public school, and literacies: research in pandemic times. In: Comitê gestor da internet no Brasil. (Org.). TIC Educação. Pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nas escolas brasileiras.1ed. São Paulo: NIC.br, 2021, v. 1, p. 287-295.

BASTOS, Liliana. C.; BIAR, Liana. Análise de narrativa e práticas de entendimento da vida social. D.E.L.T.A, v.31, n. especial, p. 97-126, 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010244502015000300 006&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 10 abr. 2022.

BRETON, Hervé. L ́enquête narrative en sciences humaines et sociales. Paris: Armand Colin, 2022.

CALVO, Luciana; C. S; El KADRI, Michele.; GIMENEZ, Telma. Teachers learning about English as a lingua franca on Facebook: insights from a community of practice. Estudos Linguísticos e Literários, 147-168. 2020.

CARVALHO, Tássio M. de. et. al. Análise Crítica da Pesquisa Narrativa. Research, Society and Development, v. 10, n. 8, 2021. Disponível em: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i8.17743. Acesso em 17 mar, 2023.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede: a era da informação: economia, sociedade e cultura. 6. ed. 15. reimp. Trad. Roneide V. Majer e Jussara Simões. São Paulo: Paz e Terra, 2012.

CLANDININ, D. Jean; CONNELLY, F. Michael. Pesquisa narrativa: experiência e história em pesquisa qualitativa. Tradução: Grupo de Pesquisa Narrativa e Educação de Professores ILEEI/UFU. Uberlândia: EDUFU, 2015.

CONTE, Elaine; KOBOLT, Maria Edilene P.; HABOWSKI, Adilson C. Leitura e escrita na cultura digital. EDUCAÇÃO, Santa Maria, v. 47, p. 1-30, 2022. https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/43953.

CUNHA, Maria Amália; Coutinho, Priscila O. A pesquisa narrativa como pesquisa-formação. ETD- Educação temática digital, v. 25, e02301, p. 1-6, 2023.

KALANTZIS, Mary.; COPE, Bill. PINHEIRO, Petrilson. A. Letramentos. Campinas: Ed. Unicamp, 2020.

KALMAN, Judy.; GUERRERO, Elsa. A social practice approach to understanding teachers learning to use technology and digital literacies in their classrooms. E-Learning and Digital Media. 2013, p. 260–275. Disponível em: http://www.lets.cinvestav.mx/Portals/0/SiteDocs/ArticulosSS/Kalman_Guerrero_2013_A-Social-Practice-Approach.pdf. Acesso em: 19 mai. 2021.

KNOBEL, Michele.; KALMAN, Judy. Teacher Learning, Digital Technologies, and New Literacies. In: KNOBEL, M.; KALMAN, J. New Literacies and Teacher Learning: Professional Development and the Digital Turn. Nova York: Peter Lang, 2016. p. 1-20.

KRESS, Gunther. The New Media Age. London and New York: Routledge, 2003.

KWET, Michael. A ameaça nada sutil do colonialismo digital. Outras Palavras, 15 Mar. 2021. Disponível em: outraspalavras.net/tecnologiaemdisputa/a-ameaca-nada-sutil-do-colonialismo- digital/. Acesso em: 9 dez. 2021.

MONTE MOR, Walkyria. Sociedade da Escrita e Sociedade Digital: Línguas e Linguagens em Revisão. In TAKAKI, N.; MONTE MOR, W. (orgs.) Construções de Sentido e Letramento Digital Crítico na Área de Línguas/Linguagens. Campinas: Ed. Pontes, 2017, p. 267-286.

MUYLAERT, Camila. J. et al. Entrevistas narrativas: um importante recurso em pesquisa qualitativa. Rev. esc. enferm. USP, n. 48 v.2, dez 2014. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0080-623420140000800027.

PINHEIRO, Petrilson. Letramentos a distância na (e na pós) pandemia. Revista Linguagem em Foco, v.12, n.2, 2020. p. 355 - 369. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/linguagememfoco/article/view/3603.

ROJO, Roxane; MOURA, Eduardo. Letramentos, mídias, linguagens. São Paulo: Parábola Editorial, 2019.

SANTAELLA, Lúcia. Aprendizagem ubíqua substitui a educação formal? ReCeT – Revista de Computação e Tecnologia da PUC-SP. Ano II, n. 1, out. 2010. São Paulo: EDUC.

SOUSA, Maria Goreti da S; CABRAL, Carmen Lúcia de O. A narrativa como opção metodológica de pesquisa e formação de professores. Horizontes, v.33, n. 2, p. 149-158, jul./dez. 2015. Disponível em: https://revistahorizontes.usf.edu.br/horizontes/article/view/149. Acesso em: 20 mar. 2022.

Downloads

Publicado

2024-02-16

Como Citar

Mayer, L. F., & Azzari, E. F. (2024). NARRATIVAS DOCENTES EM FOCO: tecnologias digitais e práticas educacionais. Olhares: Revista Do Departamento De Educação Da Unifesp, 12(1). https://doi.org/10.34024/olhares.2024.v12.14962