Violencia contra las mujeres en el lugar de trabajo

Autores/as

DOI:

https://doi.org/10.34024/prometeica.2024.29.16277

Palabras clave:

violencia, mujer, ambiente de trabajo, desigualdad

Resumen

El aumento de la participación femenina en el mercado laboral formal e informal resultante de los movimientos feministas comenzó a amenazar a gran escala uno de los pilares de la desigualdad, la provisión económica y el control sobre la vida de las mujeres, de esta manera, las estructuras sociales se reorganizan para reproducir las condiciones opresivas. lógica del poder. A través de entornos organizacionales diversos e inclusivos, especialmente em lo que respecta al género, las mujeres podrán experimentar aprecio social, influencia en el poder de toma de decisiones, pertenencia y compromiso en el grupo de trabajo, autenticidad y reconocimiento de la diversidad (sentimiento de interacción justa), y esta experiencia impactará su vida profesional y en al mismo tiempo personal/privado. El objetivo principal es mapear cómo se aborda la violencia contra las mujeres en el lugar de trabajo en la literatura nacional. El método utilizado será la Revisión Integrativa de la Literatura, definida como el compendio de la literatura existente con el objetivo de resumir y discutir un conjunto de conocimientos relacionados con el tema. En definitiva, los resultados de esta revisión integradora refuerzan la necesidad de una acción conjunta de la comunidad para combatir la violencia contra las mujeres en el ámbito laboral, ya que al reconocer que es un problema social que afecta a la sociedad en su conjunto, es posible fortalecer lazos de solidaridad. y fomentar acciones colectivas para establecer un entorno de trabajo seguro e inclusivo.

Métricas

Cargando métricas ...

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Mariana Saad Soler, Universidade Católica Dom Bosco

Graduanda em Psicologia na Universidade Católica Dom Bosco (UCDB/MS). Voluntária do Projeto de Iniciação Científica em Violência e Saúde Mental.

Eveli Freire Vasconcelos, Universidade Católica Dom Bosco

Possui Doutorado, mestrado e graduação em Psicologia pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB). Atua como docente, supervisora de estágio e pesquisadora em Psicologia na mesma Universidade, onde também coordena cursos de pós-graduação lato sensu. Tem experiência em Psicologia, Organizações e Trabalho, atuando principalmente em temas da área: formação e atuação em Programa Operação Trabalho (POT), gestão de pessoas e comportamento organizacional. É Avaliadora ad hoc para Autorização e Reconhecimentos de Cursos representando o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC), e membro da diretoria da Associação Brasileira de Psicologia

Danielly Martins da Silva, Universidade Católica Dom Bosco

Formada em psicologia pela Universidade Católica Dom Bosco e Mestranda em Psicologia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Citas

Andrade, C. B., & Assis, S. G. (2018). Assédio moral no trabalho, gênero, raça e poder: Revisão de literatura. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, 43(11), 1–13. https://doi.org/10.1590/2317-6369000012917

Braga, N. L.; Araújo, N. M. de, & Maciel, R. H. (2019). Condições do trabalho da mulher: Uma revisão integrativa da literatura brasileira. Revista Psicologia: Teoria E Prática, 21(2), 211–251. https://doi.org/10.5935/1980-6906/psicologia.v21n2p232-251

Botelho, L. L. R.; Cunha, C. C. A., & Macedo, M. (2011). O método da revisão integrativa nos estudos organizacionais. Gestão e Sociedade, 5(11), 121-136. Recuperado de http://www.spell.org.br/documentos/ver/10515/o-metodo-da-revisao-integrativa-nos-estudos-organizacionais/i/pt-br

Castro, J. M. de, & Abreus, P. G. F. de. (2006). Influência da inteligência competitiva em processos decisórios no ciclo de vida das organizações. Ciência Da Informação, 35(3), 15–29. https://doi.org/10.18225/ci.inf.v35i3.1109

Champloni, A. B. O., & Galinkin, A. L. (2020). Violência contra a mulher nas relações de trabalho. Revista Relicário, 7(13) 86–95. https://doi.org/10.46731/RELICARIO-v7n13-2020-154

Cortez, P. A., Rodrigues, M. V. S. de., Salvador, A. P., & Oliveira, L. F. A. (2019). Sexismo, misoginia e LGBTQfobia: Desafios para promover o trabalho inclusivo no Brasil. Physis: Revista de Saúde Coletiva, 29(4). https://doi.org/10.1590/S0103-73312019290414

Carvalho-Freitas, M. N. de, Bentivi, D. R. C., Ribeiro, E. A., Moraes, M. M. de, Di Lascio, R., & Barros, S. C. (2022). Psicologia organizacional e do trabalho: Perspectivas teórico-práticas. Vetor Editora.

Echeverria, J. G. M.; Oliveira, M. H. B. de, & Erthal, R. M. C. de. (2017). Violência doméstica e trabalho: Percepções de mulheres assistidas em um centro de atendimento à mulher. Saúde e Debate, 41(N. Especial), 13–24. https://doi.org/10.1590/0103-11042017S202

Gonçalves, J.; Schweitze, L., & Tolfo, S. R. de. Assédio moral no trabalho: Uma revisão de publicações brasileiras. Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia, 13(1), 1–18.

Guimarães, M. C., & Pedroza, R. L. S. (2015). Violência contra a mulher: Problematizando definições teóricas, filosóficas e jurídicas. Psicologia & Sociedade, 27(2), 256–266. https://doi.org/10.1590/1807-03102015v27n2p256

Higa, F. C. da. (2016). Assédio sexual no trabalho e discriminação de gênero: Duas faces da mesma moeda? Revista Direito GV, 12(2), 484–515. https://doi.org/10.1590/2317-6172201620

Kemmelemeier, C., & Pasqualeto, O. Q. F. de. (2021). A Violência laboral e o julgamento em uma perspectiva de gênero. Revista da Faculdade Mineira de Direito, 24(47), 207–224. https://doi.org/10.5752/P.2318-7999.2021v24n47p207-224

Kersten, G. M., & Garcia, M. L. (2022). Análise de decisões do TRT da 12ª Região sobre os danos morais sofridos pelas mulheres nas relações de trabalho. Conpedi Law Review, 8(1), 83–103. Recuperado de: https://indexlaw.org/index.php/conpedireview/article/view/9039

Kersten, G. M.; Ferreira, M. G. G., & Alves, P. R. R. (2019). Danos morais às mulheres nas relações de trabalho. Revista Eletrônica Direito e Política, 14(1), 30–60. https://doi.org/10.14210/rdp.v14n1.p30-60

Lopes, N. D. (2017). A violência contra a mulher no capitalismo contemporâneo: Opressão, exploração e manutenção do sistema. Seminário Internacional Fazendo Gênero, 11, 1–15. Recuperado de: https://www.en.wwc2017.eventos.dype.com.br/resources/anais/1496195410_ARQUIVO_Modelo_Texto_completo_MM_FG(2).pdf

Lourenço, L. M., & Costa, D. P. (2020). Violência entre parceiros íntimos e as implicações para a saúde da mulher. Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia, 13(1), 1–8. https://dx.doi.org/10.36298/gerais2020130109

Madruga, M. N., & Duarte, F. G. A. (2020). Violência contra a mulher trabalhadora: Um estudo sobre o assédio sexual no setor comercial de Pelotas-RS. Revista Relicário, 7(14), 105–118. https://doi.org/10.46731/RELICARIO-v7n14-2020-174

Mcewen, C.; Pullen, A., & Rhodes, C. (2021). Assédio sexual no trabalho: Um problema de liderança. Revista de Administração de Empresas, 61(2), 1–7. https://doi.org/10.1590/S0034-759020210207

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO. Íntegra da Convenção 190 da OIT. [s.d.]. (2019).

Severo, V. S. (2020). Trabalho e violência contra a mulher. Cadernos do Programa de Pós-Graduação em Direito–PPGDir./UFRGS, 15(1), 251–275. Recuperado de: https://doi.org/10.22456/2317-8558.96510

Schneider, D.; Signorelli, M. C., & Pereira, P. P. G. (2017). Mulheres da segurança pública do litoral do Paraná, Brasil: Intersecções entre gênero, trabalho, violência(s) e saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 22, 3003–3011. https://doi.org/10.1590/1413-81232017229.07892016

Whittemore, R., & Knafl, K. (2005). A revisão integrativa: Metodologia atualizada. Jornal de enfermagem avançada, 52 (5), 546–553.

Publicado

2024-03-05

Cómo citar

Saad Soler, M., Freire Vasconcelos, E., & Martins da Silva, D. (2024). Violencia contra las mujeres en el lugar de trabajo. Prometeica - Revista De Filosofía Y Ciencias, 29, 365–378. https://doi.org/10.34024/prometeica.2024.29.16277

Número

Sección

Artículos - Dosier

Artículos similares

> >> 

También puede {advancedSearchLink} para este artículo.