Concepção de Educação Ambiental dos professores do ensino médio

Autores

  • Gabriela Cristina de Souza Instituto Federal Catarinense Campus Araquari
  • Fabrício Moreira Sobreira Instituto Federal Catarinense Campus Araquari
  • Anelise Grunfeld de Luca Instituto Federal Catarinense Campus Araquari

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2024.v19.16008

Palavras-chave:

Prática Pedagógica, Formação Continuada, Meio Ambiente, Grupo focal

Resumo

Esta pesquisa é um estudo de caso delineado por métodos mistos, de cunho exploratório e natureza descritiva, que teve como objetivo avaliar a percepção dos professores sobre a Educação Ambiental (EA) no Ensino Médio (EM) da Escola Estadual de Educação Básica Dom Gregório Warmeling, localizada no município de Balneário Barra do Sul (SC). A coleta de dados deste estudo foi realizada por meio de grupos focais, utilizando-se análise de conteúdo (qualitativa + quantitativa). Os resultados da pesquisa destacaram a importância de formações continuadas de qualidade para a prática de Educação Ambiental, bem como a valorização do papel do professor, de modo que tanto os docentes quanto os estudantes pertençam ao meio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARANTES, H., UEHARA, S. C. da S. A. Conhecimento e prática dos professores de ensino básico em Educação Ambiental e saúde. Revista Brasileira De Educação Ambiental, São Paulo, v. 16, nº4: p. 169–190, 2021.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa, Edições 70, 1977.

BRASIL. Lei 6398 de 31 de agosto de 1981. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6938compilada.htm> Acesso em: 20 ago. 2022.

BRASIL. Lei 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Disponível em: <https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm> Acesso em: 24 nov. 2023.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Ministério da Educação. Brasília: MEC, 2013. 562p. BRASIL.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: ensino médio. Ministério da Educação. Brasília: MEC, 2018. p. 461-567. BRASIL.

CARNEIRO, Sônia; DICKMANN, Ivo. Educação Ambiental Freiriana. Chapecó (SC), Editora Livrologia, 2021.

CARVALHO, Isabel Cristina de Moura. O sujeito ecológico: a formação de novas identidades culturais e a escola. Pernambuco, Práticas coletivas na escola, 2013.

CARVALHO, M. P. Sentidos do saber e do fazer docente em Educação Ambiental: um estudo sobre as concepções dos professores. Simpósio Nacional de Ciência e Meio Ambiente. Anápoli: p.1-9, setembro/2010. Disponível em: <http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/sncma/article/view/291/888>. Acesso em: 26 nov. 2022.

CNE/CEB (Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Básica). Parecer Nº 11, de 7 de outubro de 2010. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de 9 (nove) anos. Diário Oficial da União, Brasília, 9 de dezembro de 2010, seção 1, p. 28.

DEFREYN, S. 2022. 169 p. A Educação Ambiental e os docentes da Rede Municipal de São José-SC: uma análise a partir da perspectiva crítica. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Tecnológica) - Curso de Programa de Pós-graduação em Educação Científica e Tecnológica, Universidade Federal de Santa Catarina. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/241069/PECT0517-D.pdf?sequence=-1&isAllowed=y>. Acesso em: 29 ago. 2023.

DINIZ, K. S. Educação Ambiental na Educação Infantil: a percepção dos professores da educação infantil da Escola Municipal de Educação Infantil Patrimônio, em Uberlândia – MG no ano de 2017. Monografia (Trabalho final do curso de Gestão em Saúde Ambiental) - Universidade Federal de Uberlândia. Minas Gerais, 2019. Disponível em: <https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27064>. Acesso em: 26 mar. 2023.

FERREIRA, R. L; SANTOS, A. L. F. Impacto econômico do uso racional de papel nas avaliações de uma escola em Barueri, SP. Revista IPecege 5(1): p. 19-23, 2019.

GADOTTI, Moacir. Pedagogia da Terra. São Paulo, Editora Peirópolis, 2013.

GATTI, Bernardete Angelina. Grupo Focal na Pesquisa em Ciências sociais e humanas. Brasília, Liber Livro, 2012.

GUIMARÃES, Mauro. Educação Ambiental e a “Comvivência Pedagógica”: emergências e transformações no século XXI. Campinas (SP): Papirus Editora, 2022.

LIMA, Gustavo Ferreira da Costa. Educação, emancipação e sustentabilidade: em defesa de uma pedagogia libertadora para a Educação Ambiental. In: Ministério do Meio Ambiente. Identidades da Educação Ambiental Brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2004, p. 85-111.

LOPES, T. da S.; ABÍLIO, F. J. P. Concepções de Educação Ambiental de professores/as em formação: uma análise em licenciaturas da UFPB. Revista Brasileira de Educação Ambiental, v. 18, n. 3: p. 124–155, 2023.

MARTINS, J. P. de A.; SCHNETZLER, R. P. Formação de professores em Educação Ambiental crítica centrada na investigação-ação e na parceria colaborativa. Ciênc. educ., Bauru, v. 24, n. 3: p. 581-598, janeiro/2018.

MEDEIROS, C. P. de; ASSUNÇÃO, V. K. de. Educação Ambiental na Educação Básica: um olhar para as dificuldades enfrentadas por professores de uma escola pública de Urussanga (SC). Revista Brasileira de Educação Ambiental, São Paulo, v.16, n.1, p. 202–219, fevereiro/2021.

MORAES, S. B. A. Gestão da escola e planejamento educacional, Santa Maria (RS), UFSM (NTE), 2019. Disponível em: <https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/18368/Curso_Lic-Geo_Gestao-Escol-Planej-Educac.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em 30 ago. 2022.

NETO, J. J. S.; et al. Uma escala para medir a infraestrutura escolar. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, 24 (54): p. 78-99. abr/2013.

RAMOS, J. de O.; SILVA, S. do N. Concepções de Educação Ambiental Crítica de professores e da articuladora pedagógica de uma escola municipal do interior da Bahia. Revista Práxis Educacional. Vitória da Conquista (BA), 17 (45): p. 411-427, jun/2021.

REBOUÇAS, J. P. P.; LIMA, G. F. da C.; SILVA, E. da. Desafios da Educação Ambiental crítica em escolas públicas de Mossoró (RN). Revista Brasileira De Educação Ambiental, São Paulo, v.16, n.3, p. 59-78, junho/2021

SILVA, M. M. P. Manual de Educação Ambiental: uma contribuição à formação de agentes multiplicadores em Educação Ambiental. Curitiba, Appris, 2020.

TOZONI-REIS, Marília Freitas de Campos. Educação Ambiental: natureza, razão e história. Campinas (SP), Autores Associados, 2004.

Downloads

Publicado

01-06-2024

Edição

Seção

Artigos
Recebido: 2023-12-12
Aceito: 2024-04-01
Publicado: 2024-06-01

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.