Horta Escolar Agroecológica, trabalho com projetos e a Educação Ambiental: um estudo com professores do Ensino Fundamental II

Autores

  • Victor Maia da Cruz Universidade Estadual Paulista ´- UNESP
  • Maria Bernadete Sarti da Silva Carvalho Universidade Estadual Paulista - UNESP

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2024.v19.16102

Palavras-chave:

Agroecologia, Educação Ambiental Crítica, Hortas Escolares, Meio Ambiente

Resumo

Este trabalho discute a importância de uma horta escolar agroecológica no desenvolvimento do processo educativo da Educação Ambiental. Com perspectiva teórico-metodológica colaborativa, esta pesquisa contou com a contribuição dos professores em exercício no processo de investigação, a partir de atividades interdisciplinares pensadas, elaboradas e desenvolvidas por eles no espaço da horta, buscando uma abordagem crítica da Educação Ambiental. O projeto demonstrou ser uma estratégia de ensino promissora, que favorece o aprendizado do educando e mobiliza toda a escola em torno do mesmo objetivo, contudo, um ambiente propício para formação e troca de experiência entre os pares é necessário para melhores resultados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Bernadete Sarti da Silva Carvalho, Universidade Estadual Paulista - UNESP

Professora do Departamento de Educação - Instituto de Biociências

Professora na Pós-graduação em Educação (IB) -  Linha: Educação Ambiental Integra o Coletivo de Pesquisas e Estudos em Ensino de Geografia - CNPq

Referências

ANDRADE, M. C. P.; PICCININI, C. L. Educação Ambiental na Base Nacional Comum Curricular: retrocessos e contradições e o apagamento do debate socioambiental. In: ENCONTRO PESQUISA EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL, 9., 2017, Juiz de Fora. Anais... Juiz de Fora: UFJF, UFF, USP, 2017. p. 1-13. Disponível em: <http://epea.tmp.br/epea2017_anais/pdfs/plenary/0091.pdf>. Acesso em: 18 dez. 2023.

BRAGA, J. C. S.; SILVA, A, J, S.; NETO, M. E. O.; SALDANHA, F. A. VIEIRA, D. D. Reflexões sobre a pedagogia de projetos. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 7, n. 4, p. 42487-42496, 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. A horta escolar dinamizando o currículo da escola. Brasília: MEC, 2007.

CARVALHO, L. M. A Educação Ambiental e a formação de professores. In: VIANNA, L. P. (coord.). Panorama da Educação Ambiental no ensino fundamental. Brasília: MEC; SEF, 2001. p. 55-63.

COSTA, A. M. F. C. Formação de professores para inclusão da Educação Ambiental no ensino fundamental. In: VIANNA, L. P. (coord.). Panorama da Educação Ambiental no ensino fundamental. Brasília: MEC/SEF, 2001. p. 83-87.

GUIMARÃES, M. Educação Ambiental crítica. In: LAYRARGUES, P. P. (org.). Identidades da Educação Ambiental brasileira. Brasília: MMA, 2004. p. 25-34.

LAYRARGUES, P. P. O cinismo da reciclagem: o significado ideológico da reciclagem da lata de alumínio e suas implicações para a Educação Ambiental. In: LOUREIRO, F. B.; LAYRARGUES, P. P.; CASTRO, R. S. (orgs.). Educação Ambiental: repensando o espaço da cidadania. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2002. p. 179-219.

LIMA, G. F. C. Educação, emancipação e sustentabilidade: em defesa de uma pedagogia libertadora para a Educação Ambiental. In: LAYRARGUES, P. P. (Coord.). Identidades da Educação Ambiental Brasileira. Brasília. MMA. p.85-111. 2004.

LOUREIRO, F. B. Educação Ambiental e movimentos sociais na construção da cidadania ecológica e planetária. In: LOUREIRO, F. B.; LAYRARGUES, P. P.; CASTRO, R. S. (orgs.). Educação Ambiental: repensando o espaço da cidadania. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2002. p. 69-98.

MANTELLI, J. Agroecologia e educação: o processo de construção de hortas escolares. Revista de Didácticas Específicas, Madrid, [s.v.], n.19, p. 43-54, 2018.

MARQUES, R.; RAIMUNDO, J. A.; XAVIER, C. R. Educação Ambiental: Retrocessos e contradições na Base Nacional Comum Curricular. Interfaces da Educação, Paranaíba, v.10, n. 28, p. 445-467, 2019.

OLIVEIRA, S. R. M. L.; VILLAR, B. S.; FLORIDA, J. M. P.; SCHWARTZMAN, F.; BICHALHO, D. Implantação de hortas pedagógicas em escolas municipais de São Paulo. Demetra, São Paulo, v. 13, n. 3, p. 583-603, 2018.

PEDRINI, A. G. Sustentabilidade Socioambiental para o ensino básico brasileiro: proposta para "o novo normal". Revista Brasileira de Educação Ambiental, São Paulo, v. 16, n. 6, p. 531-557, 2021.

SAUVÉ, L. Educação Ambiental: possibilidades e limitações. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 317-322, 2005.

SORRENTINO, M. Desenvolvimento sustentável e participação: algumas reflexões em voz alta. In: LOUREIRO, F. B.; LAYRARGUES, P. P.; CASTRO, R. S. (orgs.). Educação Ambiental: repensando o espaço da cidadania. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2002. p. 15-21.

SORRENTINO, M.; TRAIBER, R.; MENDONÇA, P.; FERRARO JUNIOR, L. A. Educação Ambiental como política pública. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 285-299, 2005.

SOUZA, S. R.; DAU, S.; SANTOS, V. S.; PEREIRA, C. R. FERREIRA, D. K. P. Sobre a pedagogia de projetos: A experiência conduzindo o indivíduo à teoria. In: Seven Publicações (org.) Educação: as principais abordagens dessa área. São José dos Pinhais: Seven, 2023. p. 1821-1846. Disponível em: <https://www.sevenevents.com.br/livro/educacao-as-principais-abordagens-dessa-area-v-02>. Acesso em: 05 jul. 2023.

Downloads

Publicado

01-06-2024

Como Citar

Cruz, V. M. da, & Carvalho, M. B. S. da S. (2024). Horta Escolar Agroecológica, trabalho com projetos e a Educação Ambiental: um estudo com professores do Ensino Fundamental II. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 19(3), 133–146. https://doi.org/10.34024/revbea.2024.v19.16102

Edição

Seção

Artigos
Recebido: 2024-01-07
Aceito: 2024-04-08
Publicado: 2024-06-01

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.